O tomógrafo por impedância elétrica (TIE), desenvolvido pela startup Timpel com apoio do Programa Fapesp Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (Pipe), tem sido utilizado em diversos países no tratamento de pacientes com COVID-19 em estado grave.

Leia matéria completa